A aceleração da revolução digital nos cuidados médicos

 Em Sem categoria

Segundo matéria da “The Economist”, o setor de saúde sempre enfrentou dificuldades para utilizar todo o potencial que as tecnologias e informações digitais, já que existe alto custo para implementar qualquer inovação, além das várias regulamentações que acabam impedindo algumas tentativas.

Mas esse cenário está apresentando sinais de mudança nos últimos anos. Os investimentos na saúde digital dos EUA cresceram e os consumidores parecem mais abertos a produtos como aplicativos para celulares e acessórios de monitoramento para vestir (wearables).

Destaque também para a telemedicina que ganha cada vez mais projetos inovadores e vem apresentando resultados satisfatórios em todo o mundo.

Ler reportagem completa

Fonte:economist.com

Crédito de imagem:economist.com

VAMOS CONVERSAR?