Estudo de Caso: Diagnose soluciona alta demanda de exames com a telerradiologia

 Em Estudo de caso

Ceres é uma cidade que fica localizada a 181,7 Km da capital Goiânia e que compõem o Vale do São Patrício, sendo seu polo de saúde. A cidade conta com mais de 20.000 habitantes e população flutuante em torno de 300.000.

A necessidade de aumentar a capacidade de realizar exames e manter a qualidade do diagnóstico por imagem em Ceres, fez com que um corpo de médicos criasse a Diagnose. Atuando há 20 anos na área médica, a Clínica tem como missão prestar serviços de radiologia, diagnóstico e tratamentos complementares com qualidade e eficiência. Composta por oito médicos associados, a Diagnose é uma referência no Centro Norte Goiano. A região conta com o serviço de saúde composto por 26 estabelecimentos privados e 13 municipais, segundo dados do IBGE de 2009.

Hoje, a Clínica tem duas unidades localizadas no centro de Ceres, com horário de funcionamento das 7h às 18h. Com uma estrutura moderna de equipamentos, possui dois aparelhos de mamografia, um de ressonância, um de tomografia, um de densitometria óssea, cinco de ultrassom e dois de raios-X.

A Diagnose atende os principais convênios e tem parceria com prefeituras de 38 municípios da região. Além disso, também realiza exames pelo SUS – Sistema Único de Saúde.

De acordo com o Dr. Carlúcio P. Rêgo Brandão, Vice–Presidente da Diagnose, nos últimos anos a Clínica experimentou um aumento expressivo na demanda de exames. Alguns deles deixavam de ser realizados, pois o serviço não tinha o número suficiente de médicos para elaborar os laudos. “Éramos em apenas três profissionais, ficávamos muito sobrecarregados devido à alta quantidade de pedidos”, declara.

A qualidade da realização dos exames e a excelência no atendimento ao cliente sempre foram as maiores preocupações dos médicos. Por isso, era a hora de dar um passo adiante para poder suprir da melhor forma a alta demanda por exames, e não deixar pacientes desatendidos e insatisfeitos.

Crescimento do negócio.

A partir de abril de 2015, a Diagnose começou a contar com os serviços de telerradiologia da Telelaudo, o que provocou uma guinada na rotina da Clínica, pois o trabalho de elaborar laudos tornou-se mais fácil de se administrar. “Não existia noite e fim de semana, trabalhávamos direto. Mas com a chegada da Telelaudo tudo mudou!”, afirma Dr. Carlúcio Brandão.

Segundo Dr. Carlúcio Brandão, no início da contratação aconteceu uma desconfiança, o corpo clínico não acreditava que o serviço de telerradiologia prestado pela Telelaudo seria eficaz. “Mas depois sentimos plena confiança, a cobertura do plantão é muito boa”, ressalta.

O serviço extenuante nos plantões noturnos e finais de semana não permitia que o corpo clínico tivesse tempo para investir no negócio, além de impactar a qualidade de vida dos médicos. A partir da contratação da telerradiologia, o corpo clínico conseguiu racionalizar seu tempo, concentrando seus esforços para o crescimento e melhoria do negócio.

Serviço completo.

Antes de contarem com a telerradiologia, a Clínica deixava de prestar alguns serviços aos pacientes. Agora, com novos exames sendo realizados, resulta em um benefício direto para população de Ceres. “Nossa capacidade de atendimento melhorou muito, agora com a Telelaudo o nosso serviço é completo”, conclui Dr. Carlúcio Brandão.

capturar

Com o serviço da telerradiologia o dia a dia na Diagnose ficou mais tranquilo, a entrega de exames, principalmente no horário dos plantões, deixou de ser um fardo e a Diagnose consolidou a sua posição de destaque entre as clínicas e hospitais da região.  

CLIQUE AQUI E FAÇA O DOWNLOAD DO ESTUDO DE CASO DA DIAGNOSE

VAMOS CONVERSAR?

Artigos Recentes