Fóssil de dinossauro é revelado por exame de raios-X

 Em Curiosidades

De acordo com pesquisadores do sul da França, um sistema de raios-X superpotentes permitiu observar com detalhes o esqueleto de um pequeno dinossauro sul-africano no interior de uma rocha.

Conhecido como heterodontossauro, o dinossauro de 200 milhões de anos, cujo esqueleto está completo, pôde ser “desenterrado virtualmente” graças às instalações do centro de pesquisas, que produzem equipamentos de raios-X cem bilhões de vezes mais potentes do que os utilizados em hospitais.

O sistema de raios-X internacional é capaz de produzir luz síncrotron, uma radiação eletromagnética intensa que permite observar átomos e moléculas dentro de qualquer tipo de material.

Ler reportagem completa

Fonte:Folha de S.Paulo

Crédito de imagem:Folha de S.Paulo

VAMOS CONVERSAR?