Inteligência de negócios (BI) contribui para otimizar o serviço da radiologia

 Em Destaques na Saúde

O avanço da tecnologia na área da saúde têm proporcionado uma verdadeira revolução nas técnicas diagnósticas e de intervenção – principalmente no campo da imagem.  No setor de medicina diagnóstica, é preciso que gestores da área aprimorem suas técnicas para gerar redução de custos e eficiência.

Para se conseguir uma boa gestão na área diagnóstica, um dos métodos mais recomendados está relacionado ao uso de metas e estratégias, que medem e definem quantitativamente o progresso de cada departamento.

O setor de radiologia trabalha com diversos sistemas diferentes. Muitas vezes eles não conversam entre si, o que prejudica o fluxo de trabalho e da organização como um todo. Além da consolidação manual destes dados em planilhas ser fonte frequente de erros, demanda mais tempo dos funcionários. Utilizar um sistema de BI (Business Intelligence, Inteligência de Negócios) pode otimizar esse tempo.

Com a visualização dos dados em tempo real da operação completa, uma plataforma de BI fornece aos gestores uma rápida e real ideia do que está acontecendo nos diversos setores do departamento. As imagens radiológicas proporcionam informações importantes para a decisão dos futuros passos de um diagnóstico. Por isso, o uso de BI pode contribuir para a gestão da medicina diagnóstica.

Fonte: Portal Saúde Business

Crédito de imagem: Portal Saúde Business

VAMOS CONVERSAR?