O que a radiologia digital tem a ver com sustentabilidade?

 Em Radiologia

De acordo com publicação do portal Saúde Business, a radiologia é um dos grandes produtores de lixo tóxico hospitalar, responsável por gerar toneladas de resíduos todos os anos. O uso de raios-x impressos traz um grande perigo ao meio-ambiente devido à prata que existe na composição dos filmes radiográficos.

Com o passar do tempo, o processamento de imagens na radiologia para fins médicos tem melhorado significativamente com os avanços da tecnologia. De imagens processadas em placas de vidro, passaram a usar o filme e, nos últimos anos, a captura passou a ser digital.

O sistema digital, por não utilizar filmes, não gera resíduos prejudiciais à natureza e a impressão do exame só é realizada se solicitado pelo profissional ou paciente. Além de colaborar com o meio ambiente, a implantação de um sistema de radiologia digital melhora o fluxo de imagens que passam a transitar por computadores e permite o contratação de serviços de laudos a distância, a telerradiologia.

Fonte:Saúde Business 

Crédito de imagem:Saúde Business

VAMOS CONVERSAR?