Pesquisadoras desenvolvem sistema para acelerar identificação de doenças no cérebro

 Em Radiologia

Depois de 6 anos de estudos, um grupo de pesquisadoras do laboratório de Engenharia Elétrica e Computação (FEEC) da Unicamp de Campinas (SP) desenvolveu um sistema que é capaz de identificar lesões no cérebro e diagnosticar doenças como lúpus, AVCs e esclerose com maior rapidez.

Durante o período do estudo, foram analisadas 350 imagens provenientes de exames de ressonância magnética para apontar lesões que são quase invisíveis ao olho humano. O novo sistema também pode dizer a intensidade, forma e textura das feridas do cérebro.

Ver matéria completa

Fonte:g1.globo.com

Crédito de imagem:g1.globo.com

VAMOS CONVERSAR?

Artigos Recentes