Aplicativo criado para melhorar taxa de acerto dos médicos deve chegar ao mercado esse ano

 Em Telemedicina

Apesar de haver cerca de 10 mil doenças humanas conhecidas, os médicos são capazes de recordar apenas de parte delas. Cerca de 40.500 pacientes morrem por ano nas UTIs nos Estados Unidos por erros de diagnóstico.

Pensando nisso, o empresário britânico e CEO da Babylon, Ali Parsa, lançou um aplicativo projetado para melhorar a taxa de acerto dos médicos. Os usuários relatarão, por meio de reconhecimento de voz, os sintomas de suas doenças para o aplicativo que verificará as doenças dentro de um banco de dados.

Além de aumentar o índice de acertos médicos, o aplicativo também ajudará pacientes a lembrar de tomar medicações e fará uma rotina de acompanhamento para saber como eles estão indo no tratamento.

O aplicativo ainda está em fase beta, mas deve estar disponível ainda esse ano. Recursos como este fazem parte da lista de inovações e avanços já disponíveis pela Telemedicina.

Ler reportagem completa

Fonte:Technology Review

Crédito de imagem:Technology Review

VAMOS CONVERSAR?