Variações genéticas estão ligadas à depressão

 Em Curiosidades

Artigo da revista científica Nature Genetics afirma que cientistas descobriram novas provas de um risco hereditário para o MDD (transtorno depressivo maior) ou depressão, como é popularmente conhecido. O estudo publicado utilizou dados de perfis genéticos de mais de 450 mil pessoas nativas do continente europeu, sendo que destas, 121 mil relataram algum tipo de histórico de depressão.

Como resultado da pesquisa até agora, foram reveladas 17 variações genéticas ligadas ao MDD o que reafirma a crença dos especialistas de que a depressão, como transtorno mental, está ligada não só por experiências ambientais de uma pessoa, mas também pela sua genética hereditária.

Para o dr. Roy Perlis, coautor do estudo e profissional no Hospital Geral de Massachusetts, o próximo passo é utilizar esses novos entendimentos da doença na tentativa de desenvolver tratamentos mais eficazes.

Ler reportagem completa

Fonte:Sis Saúde

Crédito de imagem:Pixabay

VAMOS CONVERSAR?

Artigos Recentes