O que é melhor para sua clínica: servidor em nuvem ou local? Descubra

 Em Destaques na Saúde

Infraestrutura, demanda e orçamento são aspectos que influenciam entre escolha de PACS local ou na nuvem

O sistema PACS, sigla para Picture Archiving and Comunication System, é amplamente usado no armazenamento de imagens médicas e comunicação entre departamentos de clínicas. Atualmente, uma das avaliações que os gestores devem fazer é se devem usar o servidor local ou nuvem.

A nuvem significa o uso de recursos de computação na nuvem (“cloud computing”) que consiste em uma solução alocada em servidores externos e acessada por meio da internet.

Quais as vantagens do sistema PACS?

O sistema PACS tem sido amplamente usado por clínicas e hospitais por viabilizar todo o fluxo de imagens do setor de radiologia e da unidade.

A mesma ferramenta permite reunir as imagens e laudos médicos e oferecer acesso aos médicos da clínica, solicitantes ou pacientes.

Existem diversas vantagens relacionadas ao uso do sistema PACS, entre elas podem ser destacadas:

  • Padroniza as imagens, facilitando organização e buscas;
  • Agiliza o fluxo de trabalho dos médicos;
  • Aumenta a qualidade de imagens a serem laudadas;
  • Dispõe de mais segurança no armazenamento.

Com as novas tecnologias, no entanto, houve mudanças na estrutura do sistema PACS de forma que as clínicas e hospitais podem optar por um servidor local ou nuvem.

PACS Local

No modelo de PACS local, o hospital ou clínica deve alocar no próprio espaço físico os equipamentos e sistemas necessários ao funcionamento da tecnologia.

Esse servidor é configurado internamente e é estruturada uma rede para que o sistema opere no local. Dessa forma, são necessários investimentos com a infraestrutura, precisando de uma sala específica e adequada para alocar esses equipamentos, como com refrigeração.

Com o armazenamento de dados no local, qualquer acidente que comprometa essa estrutura física vai afetar os dados da empresa.

Outro aspecto importante é que a clínica deverá contar com uma equipe de tecnologia da informação interna para gerenciar esses dispositivos e toda a rede.

O acesso às informações armazenadas no servidor local é possível apenas nos computadores e dispositivos que tem o sistema PACS instalado e fazem parte da rede interna.

Servidor em nuvem

PACS em nuvem

A escolha do serviço local ou nuvem deve levar em consideração as características desse segundo. Os processos e estrutura são diferentes nesse caso.

O armazenamento de dados é realizado por uma empresa especializada que disponibiliza um servidor online que fica acessível 24 horas, 7 dias por semana por qualquer dispositivo com acesso à internet.

Não é exigida nenhuma infraestrutura interna para utilizar esse serviço, como equipamentos ou redes próprias. Destaca-se, no entanto, que todo o fluxo de informações vai acontecer pela internet, exigindo uma conexão eficiente.

Como se trata de um serviço de PACS na nuvem, a empresa também não precisará de uma equipe de tecnologia interna, pois qualquer demanda deverá ser repassada à empresa prestadora do serviço.

Nesse tipo de modelo de PACS, o acesso é feito por login e senha dos usuários que acessam o sistema pela internet. Dessa forma, um médico, por exemplo, poderá acessar os dados dos pacientes do celular, tablet, computador pessoal e em qualquer lugar no qual tenha acesso à internet.

Outro destaque é que os pacientes também podem acessar as informações, como de laudos médicos, direto do computador de casa ou celular pessoal.

Essa opção amplia os terminais de acesso aos documentos, imagens e laudos médicos.

 

Como decidir entre o servidor local ou nuvem?

Conhecendo as características desses sistemas, muitos gestores questionam-se entre escolher o servidor local ou nuvem.

A recomendação é escolher a tecnologia que melhor atende as necessidades da clínica ou hospital de acordo com as características da solução e as expectativas dos gestores.

A seguir apresentamos alguns aspectos diferentes entre o servidor local ou nuvem que devem auxiliar na decisão.

Investimento inicial

Devido à necessidade de investimento em infraestrutura física, com espaço e equipamentos, o PACS local exige um investimento inicial consideravelmente mais elevado.

Também destaca-se que a estrutura terá determinada capacidade de armazenamento e, se precisar de uma expansão, será preciso investir em novos equipamentos e ampliação da rede.

No caso do PACS na nuvem o investimento inicial é menor porque só demanda a contratação do serviço com a empresa parceira e o pagamento de uma mensalidade pelo espaço e serviço usado.

Caso haja um aumento da demanda é possível contratar mais espaço para armazenamento, sem precisar fazer investimentos substanciais para essa expansão.

Segurança

O PACS local é seguro desde que a clínica ou hospital faça todos os investimentos necessários em segurança, como sistemas complementares, atualizações, uso de criptografia e outros.

A realização de um “backup de dados” também será de responsabilidade da empresa, sendo fundamental que ele esteja sempre atualizado caso haja um problema e seja necessário recuperar os dados.

O PACS na nuvem é considerado mais seguro, pois toda essa estrutura, backup e controle de acesso são gerenciados pela empresa responsável, o que reduz as chances de problemas.

Telemedicina

Algumas novas soluções da área médica, como a telemedicina, utilizam sistemas de PACS em nuvem, porém podem funcionar com qualquer solução: PACS local ou em nuvem.

Na telerradiologia, por exemplo, os exames são realizados na clínica ou hospital e enviados, via sistema PACS, para a empresa de telerradiologia que fará a emissão do laudo e a encaminhará, pela mesma estrutura digital, ao médico solicitante ou a clínica ou hospital de origem do exame.

Com as informações acima, os gestores podem avaliar entre servidor local ou nuvem e definir qual é a solução mais vantajosa considerando os objetivos, orçamento e atuação da clínica ou hospital.

 

Referências:

https://blog.medcloud.com.br/r/pacs-em-nuvem-x-pacs-local/

https://blog.medcloud.com.br/r/5-motivos-para-escolher-o-pacs-em-nuvem-da-medcloud/

https://www.purview.net/blog/pacs-no-brasil-substituindo-seu-pacs-pela-nuvem

https://blog.nurad.io/2019/07/15/as-diferencas-entre-um-pacs-local-e-um-pacs-na-nuvem/

http://www.mv.com.br/pt/blog/pacs-na-nuvem–cinco-cuidados-antes-de-contratar

VAMOS CONVERSAR?

×