Radiologista “home-office”, quais as vantagens para os profissionais?

 Em Curiosidades

Vantagens de trabalhar de casa já podem ser obtidas por profissionais da radiologia

O “home-office” é uma tendência de trabalho global e em diversas profissões já se observa as vantagens de trabalhar em casa, incluindo na área de saúde com  a radiologia.

Ao trabalhar em casa o profissional tem uma série de vantagens relacionadas à qualidade de vida, enquanto a empresa também é beneficiada, gerando ganhos para todos os envolvidos.

A seguir conheça as vantagens de trabalhar em casa e como essa tendência tem influenciado a profissão de radiologista.

5 vantagens de trabalhar em casa

O “home-office” já é uma tendência consolidada em países desenvolvidos, sendo que nos Estados Unidos, por exemplo, 34% da força de trabalho são profissionais que exercem atividades como “freelancers”.

Verifica-se, portanto, que as vantagens de trabalhar em casa já conquistaram milhões de profissionais que buscam unir estabilidade financeira com qualidade de vida e crescimento profissional.

Conheça os principais benefícios de seguir com uma carreira no estilo “freelancer“.

1. Flexibilidade

Entre as principais vantagens de trabalhar em casa destaca-se a flexibilidade da rotina de trabalho.

Atuando profissionalmente de casa é possível organizar as atividades cotidianas para atender as demandas do trabalho no momento em que há maior solicitação de tarefas.

É possível manter uma rotina conciliando as atividades domésticas e nada impede de seguir com o horário de trabalho até mais tarde em um dia mais ocupado ou terminar mais cedo em outro.

A organização da própria rotina é um aspecto essencial no trabalho de casa, sendo possível conciliar mais atividades em horários variados.

2. Comodidade

Muitas pessoas, principalmente as que moram em regiões urbanas de maior concentração populacional, têm grande desafio com o transporte para o trabalho que pode demandar horas do dia.

Dessa forma, entre as vantagens de trabalhar em casa destaca-se o comodismo, com uma rotina menos exaustiva e que se reflete na satisfação do profissional com o trabalho e também na produtividade dele.

3. Qualidade de vida

Como visto, os países desenvolvidos já tem uma força de trabalho que aderiu ao trabalho em casa e isso se deve aos reflexos dessa opção na qualidade de vida.

Sem a necessidade de transporte para o local de trabalho e com flexibilidade na rotina, as pessoas conseguem ter um dia a dia planejado conforme as necessidades pessoais, como dedicar-se aos estudos, aos filhos ou mesmo às atividades físicas e passeios.

Com o tempo economizado ao trabalhar de casa torna-se possível conciliar mais atividades no dia a dia, tornando o profissional mais feliz e satisfeito.

Radiologista home-office

4. Economia

A economia apresenta-se como um benefício para o profissional e para o empregador, pois despesas com transporte e alimentação não são mais necessárias.

Além da economia financeira, o profissional tem uma economia de tempo, pois o percurso ao trabalho não é remunerado e ele não tem esse gasto de tempo adicional na rotina.

5. Conforto

Uma das principais recomendações para trabalhar de casa é criar um espaço de trabalho confortável e agradável, que supra as principais necessidades pessoais.

Dessa forma, é viável criar um ambiente dentro de casa que atenda às demandas de conforto e comodidade desejadas pelo profissional, tendo um espaço específico para o trabalho, mas que seja agradável, organizado e prazeroso para permanecer.

Como os radiologistas beneficiam-se dessa tendência?

Com as soluções modernas de telecomunicações, os radiologistas estão entre os profissionais que podem considerar trabalhar de casa, obtendo as vantagens pessoais e profissionais citadas anteriormente.

A tecnologia e modernização dos processos têm viabilizado que os radiologistas prestem serviço por meio da telerradiologia, fazendo a emissão de laudos sem precisar sair do conforto do lar.

De fato, uma pesquisa da Forbes classificou a profissão de radiologista como a mais bem remunerada entre os profissionais que fazem “home-office” nos Estados Unidos.

Ainda que a pesquisa reflita o cenário norte-americano, a tendência é uma oportunidade positiva aos radiologistas que almejam uma atuação profissional que possa ser alinhada com qualidade de vida e mais flexibilidade no dia a dia.

Com o crescimento da telerradiologia no Brasil, a oportunidade de ter as vantagens de trabalhar em casa na área de radiologia já é uma realidade e muitos profissionais estão olhando com boas expectativas para essa tendência.

 

Referências bibliográficas:

guiadacarreira.com.br/

forbes.com/

carreirasolo.org/

carreirasolo.org/

telelaudo.com.br/

VAMOS CONVERSAR?

×