HIV: transplante de medula pode ter curado paciente

 Em Destaques na Saúde

Um homem soropositivo se tornou o segundo adulto conhecido no mundo a ficar livre do vírus da Aids, depois de receber um transplante de medula óssea de um doador resistente ao HIV.

Quase três anos após receber células-tronco da medula óssea de um doador, e mais de 18 meses após parar de usar remédios antirretrovirais, exames de alta sensibilidade ainda não mostram indícios da sua infecção de HIV anterior.

Os médicos descreveram o paciente como “funcionalmente curado” e “em remissão”, mas alerta: é cedo demais para dizer que ele está curado.

Leia o artigo completo

Fonte: VEJA

Fonte de imagem:Deposit Photo

VAMOS CONVERSAR?