Visão raios-x permite que historiadores enxerguem documento de 1300 sem precisar abri-lo

 Em Curiosidades

Um arquivo que estava no Venice’s State Archives, na Itália, foi investigado sem precisar ser tocado. O documento de seis páginas, que estava enrolado e lacrado com cera vermelha, deve ter sido escrito por volta de 1351. Ou seja, seis séculos e meio de história em um delicado papel e com um lacre intacto, que não poderia ser violado.

Foi aí que a tecnologia possibilitou que esses historiadores tivessem seus dois interesses contemplados: descobrir do que o documento tratava e, também, preservá-lo. Para isso, utilizaram uma técnica de visão de raios-x. Trata-se de uma tecnologia de radiografias tiradas do próprio documento, formando assim um quebra-cabeças em que os cientistas conseguiram identificar parte do seu conteúdo.

Leia o artigo completo

Fonte: Grupo Independente

Fonte de imagem: Deposit Photo

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×