Como tubarões podem ajudar a combater bactérias super-resistentes

 Em Curiosidades

Versões sintéticas de pele de tubarão estão sendo desenvolvidas para serem usadas em hospitais – o objetivo é reduzir as infecções bacterianas. Segundo os especialistas, a pele do tubarão é composta por milhões de pequenas escamas em forma de V chamadas de dentículos dérmicos.

Inicialmente, o material foi idealizado para reduzir o acúmulo de micro-organismos marinhos no casco de embarcações. Mas agora, os cientistas estão estudando como esta tecnologia – chamada sharklet – pode ser usada em hospitais – a expectativa é que a medida ajude a reduzir a taxa de infecção por doenças contagiosas.

Leia o artigo completo

Fonte: BBC
Fonte de imagem: Deposit Photos

VAMOS CONVERSAR?

×