Telemedicina auxilia pacientes com tuberculose a não desistirem do tratamento

 Em Telemedicina

Um novo estudo da Universidade de Londres, na Inglaterra, mostrou como a telemedicina pode auxiliar pacientes com tuberculose a não desistirem do tratamento.

Entre 2014 e 2016, foram observados 226 pacientes divididos em dois grupos. O primeiro, encontrava-se presencialmente com médicos, e o segundo, por meio de videochamadas.

Os resultados mostraram que 70% dos pacientes que se consultaram a distância completaram o tratamento, contra 31% dos que foram atendidos pessoalmente.

Devido ao sucesso da operação, essa vertente da telemedicina foi adotada pelo Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, incluindo até crianças menores de 12 anos com tuberculose.  

Leia o artigo completo

Fonte: JP News     
Fonte de imagem: Deposit Photo

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×