Acompanhamento a distância de pacientes com artrite reumatóide diminui demanda de consultas

 Em Destaques na Saúde

Nos EUA, um estudo publicado na Arthritis Care & Research (periódico sobre reumatologia americano), mostrou que pacientes com artrite reumatóide podem ser acompanhados por especialistas via videoconferência.

O material também mostrou que a telemedicina está sendo cada vez mais incorporada à prática clínica da reumatologia. Porém, ainda existem poucos estudos publicados sobre tele-reumatologia, incluindo preditores de uso, resultados clínicos ou relação custo-benefício.

Segundo os pesquisadores, 56 dos 122 participantes, 46%, usaram telemedicina pelo menos uma vez de forma satisfatória. Os fatores associados ao uso da telessaúde incluíram maior pontuação na métrica de desempenho, mais consultas de reumatologia e uma percepção mais positiva da telemedicina pelos pacientes. 

 

Leia o artigo completo

 

Fonte: Healio

Fonte de imagem: Deposit Photo

VAMOS CONVERSAR?

×