A inteligência pode ser “fotografada” por ressonância magnética

 Em Destaques na Saúde

Um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade de Nova Iorque apontou que a inteligência humana pode ser captada pela ressonância magnética.

A pesquisa mostra que é possível medir, por meio dos circuitos nervosos do paciente, a capacidade de entropia e disposição de lidar com o mundo.

A expectativa é que, no futuro, o exame ajude a diagnosticar particularidades como autismo e depressão.

Leia o artigo completo

Fonte: Jornal do Brasil

Fonte de imagem: Deposit Photos

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×