Locação de equipamentos para clínicas e hospitais: quando compensa?

 Em Gestão

A locação de equipamentos médicos pode apresentar vantagens financeiras e estratégicas, mas deve estar alinhada com objetivos de longo prazo.

A compra ou locação de equipamentos para clínicas e hospitais é um tema complexo para gestores de saúde, pois envolve análises detalhadas da parte financeira, mas também sobre os próprios objetivos da instituição no longo prazo.

Como os equipamentos para clínicas e hospitais têm custo elevado, a aquisição deles deve ser avaliada estrategicamente, inclusive verificando as vantagens e opções para locação. 

Quais as modalidades de locação de equipamentos médicos?

A locação de equipamentos médicos já é comum quando se trata de itens de menor custo, como cadeiras de rodas, macas, balão de oxigênio e outros. 

Mais recentemente, no entanto, a opção passou a incluir itens de alto custo, como aparelhos radiológicos, equipamentos do Centro de Terapia Intensiva (CTI), blocos cirúrgicos etc.

A compra dos equipamentos para clínicas e hospitais ainda é uma opção, mas as formas de locação também podem ser vantajosas. Elas incluem:

  • aluguel: nesse modelo é estabelecido um contrato de aluguel do equipamento médico, no qual a empresa fornecedora disponibiliza e pode também ter coberturas para suportes técnicos, treinamentos e substituições em caso de danos; 
  • comodato: nesse modelo de locação, o fornecimento do equipamento pela parceira é condicionado a um contrato de prestação de serviços.

A clínica ou hospital deve avaliar quais as vantagens de cada opção no longo prazo, sendo que o aluguel fornece mais autonomia, mas o comodato pode contribuir, por exemplo, para diversificar os tipos de exames realizados e proporcionar agilidade dos processos do setor de radiologia.

Quais as vantagens de alugar equipamentos para clínicas e hospitais?

Em geral, quem opta pela locação de equipamentos para clínicas e hospitais em vez da compra, obtém algumas vantagens decorrentes desse modelo. 

Suporte técnico

Uma das vantagens da locação de equipamentos médicos é o suporte técnico no momento da instalação e também na manutenção, o que é fundamental para um bom uso dos recursos.

A assistência é importante para que o equipamento tenha um desempenho adequado e também reduz o tempo de inatividade, pois quando falhas são identificadas profissionais qualificados são encaminhados pela parceira para resolução dos problemas.

No longo prazo, isso representa um melhor aproveitamento dos equipamentos disponíveis e também reduz custos recorrentes com manutenção, o que é responsabilidade da clínica ou hospital quando optam pela compra.

Substituição de equipamentos defeituosos

Normalmente, existem cláusulas nos contratos de locação de equipamentos médicos que discorrem sobre a substituição em caso de defeito não passível de reparo.

Esse tipo de prerrogativa é importante para garantir que não haja uma interrupção duradoura na prestação dos serviços da clínica ou do hospital, o que comprometeria o fluxo dos processos e dos atendimentos.

Em geral, esse tipo de substituição é rápida e não resulta em gastos adicionais ou incômodos à equipe da clínica e hospital.

Economia e planejamento financeiro

A parte financeira é fundamental para avaliar as possibilidades de comprar ou locar equipamentos para clínicas ou hospitais.

Caso os gestores avaliem oportunidades de expansão nos serviços prestados, mas não tenham uma reserva suficiente para investimentos no momento, a locação torna-se uma opção mais atrativa.

No caso da locação, os custos mensais com a prestação de serviços entram na linha de despesas e, caso haja uma ampliação dos exames realizados, é possível que essa se torne uma opção não apenas econômica, mas também lucrativa.

Utilização de tecnologia de ponta

Com a opção de locação de equipamentos médicos é recomendado optar por aqueles mais modernos, de forma que a clínica ou hospital mantenha uma infraestrutura com tecnologia de ponta para atender seus pacientes.

Por exemplo, ao locar um equipamento radiológico é importante optar pela radiologia digital, que garante melhor qualidade das imagens, redução da exposição radioativa, redução dos custos com insumos, entre outros benefícios.

No modelo de locação é possível trocar os equipamentos conforme modelos e tecnologias mais modernas e satisfatórias chegam ao mercado, garantindo a atualização constante que vai se refletir em eficiência dos processos, qualidade dos serviços e economia.

A principal desvantagem da locação é que a opção não aumenta o capital fixo da companhia.

Antes de optar pela locação de equipamentos para clínicas e hospitais, no entanto, é importante que os gestores avaliem se esses itens estão associados aos objetivos de longo prazo do negócio.

P.S.: A Telelaudo não oferece serviços de aluguel de equipamentos. O texto acima visa, apenas, informar sobre as opções de aluguel.

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×