Na Saúde, inteligência artificial pode reduzir 85% dos erros

 Em Curiosidades

A Inteligência Artificial (IA) tem sido incorporada na rotina médica de várias formas. Como exemplo, nos prontuários eletrônicos e como recurso de suporte à decisão clínica, aliando informações baseadas em evidências, com experiência clínica e especificidades de cada paciente. O objetivo é cruzar informações ao máximo, diminuindo as chances de erros pelas equipes de saúde.

Além disso, a IA também permite usar a linguagem natural para processar anotações médicas, histórico dos pacientes e ainda combinar todos os dados não estruturados das anotações no prontuário eletrônico do paciente (PEP).


Leia o artigo completo

Fonte: Saúde Business

Fonte de imagem: Deposit Photos

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×