No interior de SP, faculdades de medicina substituem cadáveres por simuladores 3D

 Em Destaques na Saúde

Oito faculdades de medicina do interior de SP substituíram corpos humanos por simuladores 3D em sala de aula.

O novo sistema utilizará uma plataforma multidisciplinar, que possibilita que alunos estudem casos reais que aconteceram com pacientes. O simulador tem todos os órgãos do corpo humano masculino e feminino e custa entre R$200.000 e R$400.000.

Leia o artigo completo

Fonte: EmTempo

Fonte de imagem: Deposit Photos

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×