Nos EUA, cientistas fazem transplante de rins com hepatite C e receptores não desenvolvem doença

 Em Telemedicina, Telerradiologia

Cientistas da Universidade de Johns Hopkins, nos Estados Unidos, conseguiram transplantar com sucesso 10 rins infectados com hepatite C. Os pacientes que receberam os órgãos não desenvolveram a doença, graças a medicamentos modernos contra a condição.

Embora a hepatite C ataque principalmente o fígado, o vírus fica presente na maior parte dos órgãos – entre eles, o rim. Por esse motivo, o transplante não poderia ser realizado sob o risco do paciente contrair a doença.

Os rins com hepatite C só poderiam, então, ser usados em pessoas com o vírus da doença. Como não há tanta gente nessa condição, muitos órgãos acabam sendo descartados.

 

Leia o artigo completo

Fonte: G1

Fonte de imagem: Deposit Photos

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×