QA-AI automatiza a avaliação de imagens de raios-X

 Em Artigo, Telelaudo

Uma das maiores dificuldades na elaboração dos laudos de radiologia é a qualidade na aquisição das imagens pelos equipamentos. Hoje, muitos serviços de radiologia adquirem as imagens dos pacientes e, com pouca ou nenhuma crítica do resultado, encaminham para os radiologistas laudarem. Imagens mal adquiridas aumentam significativamente a dificuldade do trabalho do especialista e os riscos para o paciente. Não é raro que exames fora do padrão impossibilitem que os radiologistas elaborarem o laudo. 

Foi pensando nesse tipo de problema que a Telelaudo foi buscar soluções na área de inteligência artificial (AI, na sigla em inglês) aplicada à radiologia. Nessa pesquisa, destacou-se a MD.ai, empresa sediada em Nova Iorque, EUA, que há 3 anos vem desenvolvendo tecnologia para acelerar a adoção de AI no setor. 

A MD.ai foi fundada por dois médicos radiologistas, Dr. George Shih e Dr. Leon Chen, com extensa formação em ciência da computação. Em suas conversas iniciais, Telelaudo e MD.ai logo encontraram desafios em comum e iniciaram uma parceria.

O primeiro projeto dessa parceria é denominado QA-AI, um sistema pioneiro de AI capaz de avaliar rapidamente se as imagens de raios-x estão no padrão adequado para a elaboração de laudos.

O sistema QA-AI começa com o desenvolvimento do programa, também chamado de algoritmo, de AI e o seu “treinamento”, que é como se denomina a etapa onde o algoritmo “aprende” (‘machine learning’) a avaliar imagens, a partir de uma extensa base com pelo menos 20.000 imagens, entre apropriadas e não apropriadas para laudo. 

A MD.ai desenvolverá o algoritmo e a Telelaudo, que tem larga experiência em telerradiologia com mais de 3.000.000 de exames laudados, com a ajuda de alguns de seus especialistas será responsável por fazer a “anotação” radiológica para treinar o algoritmo de AI, utilizando somentes imagens anonimizadas, de modo a garantir a privacidade dos pacientes.

“Estamos muito empolgados em participar desse projeto, pois teremos a oportunidade de aprender o que é AI, desmistificar a tecnologia e descobrir como poderemos utilizá-la para colaborar com o trabalho do radiologista no melhor atendimento ao paciente”, afirma a Dra. Mariana Coelho, Coordenadora Médica Chefe da Telelaudo e ex aluna da Tulane University Medical School.

Desde a sua fundação, há 11 anos, que a Telelaudo se mantém tecnologicamente atualizada para apoiar clínicas e hospitais brasileiros no atendimento aos seus pacientes de radiologia. Esse projeto poderá ser aplicado não somente no Brasil, mas também em outras regiões do mundo, onde o parque instalado de equipamentos é antigo, como na América Latina, Ásia e África.

Fique atento que divulgaremos mais novidades sobre o QA-AI nas mídias sociais da Telelaudo. Enquanto isso, as soluções criadas pela MD.ai já estão traduzidas para o português e podem ser utilizadas por empresas e instituições acadêmicas em outros projetos de AI.

 

Qualquer dúvida sobre a MD.ai, por favor, entre em contato pelo site:

https://www.md.ai/

 

 

VAMOS CONVERSAR?

×