Soldados dos EUA que atuam longe do país poderão ser acompanhados por médicos

 Em Destaques na Saúde, Telemedicina

Um completo sistema de telemedicina foi implementado para resguardar soldados dos Estados Unidos que atuam em regiões de alto risco. O intuito é que, mesmo longe de casa, os cuidados médicos possam ser realizados por médicos conterrâneos.

Instalações médicas já operam em todo o Oriente Médio e contam com equipamentos que permitem contato 24 horas entre as equipes locais e nos EUA. O objetivo é oferecer profissionais prontos para lidar com qualquer tipo de assistência. Nos últimos dois anos, foram atendidos três mil pacientes e 17 vidas salvas.

Leia o artigo completo

Fonte: National Defense Magazine

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×