Substância extraída de aranha é matéria-prima de analgésico

 Em Destaques na Saúde

Um estudo utilizou material da aranha caranguejeira para desenvolver um analgésico voltado à dor neuropática – que são dores que foram causadas por lesões ou por alguma patologia no sistema nervoso central. 

A pesquisa é da bióloga Ana Carolina Medeiros, que conquistou o Prêmio Jovem Neurocientista 2018. 

Leia o artigo completo

Fonte: G1

Fonte de imagem: Deposit Photos

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×