Dinâmica da atividade de telerradiologia em emergências pode fornecer estimativa precoce e precisa da COVID-19

 Em COVID-19, Telerradiologia

Entenda sobre a estrutura da atividade de telerradiologia em emergências e como ela pode auxiliar na prevenção do aumento da pandemia

 

Um grupo francês realizou um Estudo multicêntrico prospectivo, de âmbito nacional, para investigar os marcadores radiológicos da atividade de telerradiologia em emergências relacionadas à COVID-19, como estimativa global da evolução da epidemia na França.

 

A estrutura de telerradiologia de emergência francesa pôde fornecer marcadores preditivos em tempo real da evolução da pandemia. Os resultados colhidos destacam a forte relação entre o número de hospitalizações por semana e o número de tomografias relacionadas à COVID-19.

 

Marcadores preditivos precoces, como os apurados no Estudo francês, podem ser usados por agências de saúde pública para confirmar, quase que instantaneamente, tendências e ressurgimento de surtos da doença.

 

Os resultados sugerem que, examinar a dinâmica da atividade de telerradiologia em emergências pode fornecer uma estimativa precoce e precisa do número de internações no mesmo período no nível nacional, mas também prever a evolução em curto prazo da pandemia.

Telerradiologia em emergências no combate à Covid-19

Esta abordagem abre caminho para indicadores complementares, em tempo real, para agências de saúde, com intuito de melhorar os modelos de saúde pública e monitorar medidas preventivas, bem como adequar os recursos humanos.

 

Na conclusão do Estudo, o grupo destaca que seus achados ilustram o valor potencial de integrar dados radiológicos, para apoiar a gestão da saúde pública e enfatizar a necessidade de colaboração, em todo o país, de redes e plataformas radiológicas internacionais.

 

A Telelaudo também acompanhou de perto os pedidos de exame relacionados com a COVID-19, desde o início da pandemia em 2020.

 

Veja no gráfico a seguir, o que verificamos nos pedidos de exames de TC de tórax (linha azul), somente COVID (linha vermelha) e total de exames de TC de tórax – comparado com o mesmo período de 2019 – (linha em verde).

Fonte do Estudo do grupo francês: “Emergency teleradiological activity is an epidemiological estimator and predictor of the COVID-19 pandemic in mainland France”

 

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×