Triagem genética antes de transferência de embriões não aumenta chances de ter um bebê

 Em Curiosidades

A triagem genética de óvulos fertilizados para seleção de embriões na reprodução assistida não faz diferença para as taxas de natalidade – a informação é de uma pesquisa publicada na revista Human Reproduction.

A informação aponta que as anomalias cromossômicas mais importantes que interferem no implante são de origem meiótica – ou seja, são derivadas do óvulo ou do espermatozoide

Leia o artigo completo

Fonte: G1
Fonte de imagem: Deposit Photos

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×