Vale a pena abrir uma franquia de clínica de radiologia?

 Em Radiologia

Modelo de franquia de clínica de radiologia apresenta vantagens e desvantagens que devem ser previamente analisadas pelo empreendedor. Saiba mais aqui!

A abertura da clínica de radiologia pode se dar a partir de diferentes modelos de negócio, como uma empresa familiar, de sociedade limitada ou mesmo como franquia.

O modelo de franquia de clínica de radiologia torna-se mais comum conforme o mercado de franchising cresce e se solidifica no Brasil. Apesar disso, é essencial conhecer melhor sobre essa opção antes de selecioná-la.

Quais as vantagens e desvantagens da franquia de clínica de radiologia?

Como outros modelos de negócios, as franquias em saúde têm seus benefícios e limitações, que precisam ser mapeados pelo investidor.

A clareza sobre o longo prazo do negócio é fundamental para um investimento mais seguro, estruturado, rentável e bem-sucedido.

4 vantagens das franquias

As vantagens das franquias de clínica de radiologia são bastante exaltadas e, de fato, geram benefícios de curto e longo prazo ao empreendedor, como:

  • marca estabelecida: o principal diferencial da franquia é entrar no mercado já com um nome forte de uma marca estabelecida, o que contribui na atração de pacientes, estrutura e competitividade;
  • mais segurança no investimento: devido ao suporte da franquia, há maiores chances de solidificação da unidade no longo prazo, o que torna o investimento mais seguro e com bom retorno;
  • plano de negócios: definido pela franquia, o plano de negócios contribui na definição de metas e objetivos de médio e longo prazo, definição dos valores e posicionamento de mercado, tornando o início do negócio mais focado e direcionado;
  • suporte especializado: a franquia garante todo o suporte à unidade, incluindo nos aspectos jurídicos, marketing, design, processos, infraestrutura e produto. Com isso, o campo de decisões do gestor restringe-se à operação central da clínica.

Outros benefícios podem estar relacionados à opção pela franquia, como menor investimento inicial, independência financeira e jurídica e planejamento dos custos, no entanto, tais questões dependem do contrato específico da franquia.

4 desvantagens das franquias

O empreendedor também precisa considerar as desvantagens no caso das franquias de clínicas de radiologia. Elas incluem:

  • pouca flexibilidade: o franqueado compromete-se a seguir as regras da franquia e precisa prestar contas constante e permanentemente, de forma que tem pouca flexibilidade para novos investimentos e definição de operações próprias;
  • vínculo de longo prazo: ao optar por uma franquia em saúde o franqueado aceita um vínculo permanente com a franquia, de forma que o longo prazo do negócio está diretamente relacionado aos planos da central;
  • problemas operacionais: as franquias funcionam com o mesmo sistema nas diferentes unidades para padronização. Apesar de poder ser um aspecto positivo, caso haja falhas recorrentes no sistema usado, o franqueado pode ter dificuldades na operacionalização da clínica;
  • taxas: como parte do contrato, o franqueado tem taxas administrativas e de marca recorrentes para pagar à franquia, sendo importante considerar esses custos no longo prazo.

As desvantagens da franquia podem ser mitigadas com um planejamento acertado que considere essas questões.

Como se preparar para investir em uma franquia na área da saúde?

Saiba como investir em uma clínica de radiologia

O investimento na clínica de radiologia no formato de franquia deve ser planejado de forma minuciosa pelos empreendedores.

Capital inicial

O primeiro fator a ser considerado é o capital inicial necessário para investimento e operação inicial da clínica.

Os valores variam enormemente de acordo com a franquia, mas pode-se calcular entre R$350 e R$550 mil no caso de algumas conhecidas do público.

Cálculo do ROI

O ROI (Retorno sobre o investimento) permite que o empreendedor avalie em quanto tempo ele recuperará o investimento inicial, de forma que o negócio passe a ser efetivamente rentável.

Para isso é preciso ter o valor inicial do investimento, calcular as receitas e despesas mensais para identificar o lucro mensal médio. Em seguida, deve-se dividir o total investido pelo valor do lucro mensal.

Com isso, é possível identificar em quantos meses o investimento será compensado, o que pode variar entre 24 e 48 meses na maior parte das franquias em saúde.

Localização e público-alvo

A definição da localização é feita em conjunto entre a franquia, a partir do estudo de mercado, e do franqueado. No entanto, é importante considerar que a franquia deve aprovar o local pretendido.

Deve-se considerar também o público-alvo, o que no caso de uma franquia já está previamente estabelecido pelo plano de negócios, facilitando a definição de uma localização propícia a esses fatores.

Gestão de negócios

No caso da clínica de radiologia, a franquia inclui o nome da marca, processos, sistemas, marketing e também a infraestrutura, como equipamentos necessários à atividade, como equipamentos de raios-x e outros.

Dessa forma, cabe ao profissional desenvolver seu plano de negócios considerando os direcionamentos da franquia, mas buscando também estratégias e práticas que tornem a clínica mais competitiva e eficiente.

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×