Aspirina pode reduzir a densidade da mama, associada ao aumento do risco de câncer

 Em Destaques na Saúde

Um novo estudo apresentado peloSan Antonio Breast Cancer Symposiumapontou que o comprimido de aspirina pode ser um agente na redução da densidade da mama, que está diretamente associada ao aumento do risco de câncer, já que quase metades das mulheres indicadas a fazer mamografias têm um tecido mamário denso.

O estudo utilizou registros médicos de 26 mil mulheres que foram submetidas a mamografias entre 2012 e 2013 e que confirmaram o uso da medicação.

As mulheres que tomaram 300mg de aspirina ou mais por dia apresentaram um risco 38% menor de ter seios demasiadamente densos. Esta associação entre o uso de aspirina e menor densidade foi mais identificada em mulheres com idade inferior a 60 anos e afro-americanas, de acordo com os pesquisadores.

Ler matéria completa

Fonte:Site Auntminnie.com

Crédito de imagem:Banco de Imagem Pixabay

VAMOS CONVERSAR?