Estudo de Caso: Criança de 6 anos com limitação de movimento dos membros superiores

 Em Estudo de caso

Criança de 6 anos, do sexo masculino, apresentando limitações nos movimentos dos membros superiores.

As imagens do exame de TC de cotovelos demonstram fusão completa das porções proximais do rádio e da ulna, ao nível da articulação radioulnar proximal, associado a aparente leve subluxação posterior da articulação.

imagem estudo 01

imagem estudo 02

imagem estudo 03

Suspeita Diagnóstica

Sinostose radioulnar proximal

A sinostose radioulnar proximal é uma malformação esquelética dos membros superiores caracterizada por fusão óssea do aspecto proximal do rádio e da ulna, sendo o terço proximal o mais comum. A luxação congênita da cabeça do rádio pode ocorrer isolada ou em associação à sinostose radioulnar proximal.

Geralmente é congênita e raramente seguida de trauma. Está associada a algumas condições, como: Síndromes de Poland, Cornelia de Lange, anomalias cromossômicas e sindactilia  Cenani Lenz.

Referência bibliográficas

  1. FRANCA BISNETO, Edgard Novaes. Deformidades congênitas dos membros superiores. Parte II: falhas de formação e duplicação. Rev. bras. ortop.,  São Paulo ,  v. 48, n. 1, p. 3-10,  Feb.  2013. Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-36162013000100003&lng=en&nrm=iso>.access on  07  Mar.  2017.  http://dx.doi.org/10.1016/j.rboe.2012.10.001.
  2. Elliott AM, Kibria L, Reed MH. The developmental spectrum of proximal radioulnar synostosis. Skeletal Radiol. 2010;39 (1): 49-54. doi:10.1007/s00256-009-0762-2 – Pubmed citation
  3. Yammine K, Salon A, Pouliquen JC. Congenital radioulnar synostosis. Study of a series of 37 children and adolescents. Chir Main. 1998;17 (4): 300-8. – Pubmed citation
  4.  Cleary JE, Omer GE. Congenital proximal radio-ulnar synostosis. Natural history and functional assessment. J Bone Joint Surg Am. 1985;67 (4): 539-45. – Pubmed citation

Fonte:telelaudo

Crédito de imagem:telelaudo

VAMOS CONVERSAR?

Artigos Recentes