UNIFESP estuda novo tipo de mamografia digital para mamas mais densas

 Em Radiologia

A Universidade Federal de São Paulo iniciou estudo com um novo tipo de mamografia, que pode ser especialmente útil para a detecção de tumores em mulheres com mamas densas, ou seja, que têm mais tecido fibroglandular do que gordura.

De acordo com publicação do site da Revista Galileu, trata-se de um público-alvo importante já que quanto maior a densidade mamária, maior a dificuldade para diagnosticar o câncer, que pode ficar “camuflado” durante o exame.

O grande diferencial desse novo recurso da mamografia digital é o uso de contraste iodado, que se concentra na área do tumor, fazendo com que ele apareça de maneira bem mais destacada.

Ler Reportagem Completa

Fonte:Site Revista Galileu

Crédito de imagem:Site Revista Galileu

VAMOS CONVERSAR?

Artigos Recentes