Vale a pena trabalhar com telemedicina para o médico radiologista?

 Em Telemedicina

Telemedicina apresenta vantagens profissionais aos médicos radiologistas, além de beneficiar qualidade de vida e desenvolvimento profissional

A telemedicina cresceu no Brasil em decorrência da pandemia da Covid-19 devido à necessidade de distanciamento social como medida sanitária para reduzir a transmissão do vírus, beneficiando pacientes e profissionais da saúde.

No contexto atual de melhora da situação pandêmica em decorrência da vacinação da população, muitos profissionais questionam-se se a telemedicina continuará forte e se essa opção vale a pena aos médicos radiologistas.

Como funciona a telerradiologia na telemedicina?

Para os médicos radiologistas é possível exercer a profissão a distância por meio da telerradiologia, uma vertente da telemedicina voltada à emissão de laudos radiológicos a distância.

Na telerradiologia, o exame radiológico é realizado na instituição de saúde solicitante, como clínica ou hospital e, posteriormente, enviado em formato digital ao serviço de telerradiologia que divide a demanda entre sua equipe de subespecialistas.

O serviço de telerradiologia pode estar localizado em qualquer região do País, não necessariamente no mesmo local no qual o exame foi realizado e, o médico radiologista não precisa trabalhar localmente.

A solicitação é enviada ao médico radiologista pela plataforma de telerradiologia e toda a emissão e envio do laudo ocorrem dentro do sistema, garantindo a segurança e agilidade do processo.

Dessa forma, a telerradiologia promove uma série de benefícios às instituições de saúde contratantes, aos pacientes e também aos próprios radiologistas.

Quais os benefícios da telemedicina para o médico radiologista?

Geralmente, os benefícios da telemedicina são destacados no âmbito do paciente e também das instituições de saúde, no entanto, o médico radiologista também tem vantagens com essa opção.

Home office

Na telemedicina, o médico radiologista pode desenvolver as tarefas em home office, uma vez que todas as operações ocorrem por meio da plataforma de telerradiologia.

O home office apresenta diversas vantagens ao profissional, como:

  • maior flexibilidade de horários;
  • redução do tempo gasto com deslocamentos;
  • autonomia no exercício das atividades;
  • conciliação com outras atividades profissionais e pessoais;
  • distanciamento social.

Portanto, o médico radiologista consegue desempenhar suas funções de forma mais independente e autônoma, agregando à sua rotina as tarefas que melhor atendem seus objetivos imediatos e de longo prazo.

Ampliação da agenda

Com a telerradiologia, os profissionais conseguem ampliar a agenda de atendimento ao aumentar o número de laudos emitidos diariamente e conseguindo ter maior resultado financeiro com a ocupação.

Telemedicina e o aumento da produtividade

As operações dentro da plataforma de telerradiologia são intuitivas e ágeis, garantindo aumento da produtividade do médico radiologista que consegue trabalhar com condições mais confortáveis e práticas em casa.

O profissional amplia sua capacidade de atendimento, de forma que pode ocupar seu tempo com mais demandas profissionais ou mesmo às demais atividades pessoais do seu interesse.

Flexibilidade para moradia

Devido ao home office, o médico radiologista que trabalha com telerradiologia pode morar em qualquer lugar.

Com isso, profissionais que trabalham em locais nos quais a oferta de mão de obra especializada na radiologia é escassa podem exercer a profissão por esse meio sem precisar se mudar.

A opção também é vantajosa para pessoas que, por questões familiares ou de estudo, precisam morar em um local com menos ofertas de trabalho.

Clareza dos processos

Como e por que investir na telemedicina?

O bom funcionamento da telemedicina depende da estruturação de processos claros e eficientes.

Dessa forma, o médico radiologista terá mais clareza sobre as operações e processos que são desenhados em conformidade com as funcionalidades da plataforma de telerradiologia.

Essa característica é fundamental para um exercício ético e íntegro da profissão, com mais facilidade nas atividades diárias que se tornam mais ágeis, transparentes e de elevada qualidade.

Valorização da especialidade na telemedicina

Na telerradiologia as instituições de saúde podem solicitar exames mais gerais ou especializados, como a neurologia e outras.

Com isso, o radiologista que investiu anos de estudo e dedicação em uma especialidade tem seu trabalho mais valorizado e destacado, uma vez que pode atuar exatamente com a atividade que deseja.

Em geral, instituições de saúde têm dificuldade em manter profissionais especializados quando a demanda local não é elevada. No entanto, a empresa de telerradiologia concentra a demanda de diferentes clínicas e hospitais, viabilizando essa opção.

Aumento da qualidade de vida

A qualidade de vida é um ponto fundamental para o médico radiologista e a telemedicina permite que ele exerça a profissão com qualidade, eficiência e organização.

Vantagens como o home office e a flexibilidade de moradia ainda permitem que o profissional tenha mais controle das escolhas sobre as variáveis da sua vida, aumentando a autonomia.

Por fim, a telerradiologia remunera e valoriza os médicos radiologistas, de forma a viabilizar o crescimento profissional no longo prazo, o que é fundamental na motivação e perspectivas futuras com a profissão.

VAMOS CONVERSAR?

[getparam utm_campaign]


×